Menu
A+ A A-

Crianças para os pais: não poste sobre mim on-line a menos que eu goste das fotos e autorize primeiro — às vezes

english espanol

Ilustração de uma mão que prende um telefone de pilha com uma tela de Facebook.ANN ARBOR — Jogos de futebol, férias em família e relatos de boas notas são ok para serem compartilhados nas mídias sociais. Posts com fotos do bebê ou referências para punições — nem tanto.

Foi o que as crianças disseram quando perguntadas sobre o que seus pais podem compartilhar sobre eles on-line, de acordo com pesquisa da Escola de Informação da Universidade de Michigan.

Os pesquisadores entrevistaram 331 casais de pais e filhos sobre que informações pessoais os pais deveriam e não deveriam compartilhar sobre seus filhos em sites de mídia social. As crianças, de idades entre 10-17, descreveram uma variedade de preferências sobre o que os pais podem divulgar sobre eles.

Conteúdos geralmente bons para serem compartilhados incluem realizações, orações, mensagens positivas, ocasiões especiais, atividades escolares, boas notas, esportes, hobbies e viagens em família. Coisas que não são legais incluem fotos/histórias de bebês, fotos de amigos/outros, más notas e outros conteúdos que são embaraçosos, pessoais, privados ou negativos. Também não é positivo revelar mau comportamentos ou punições.

"Era de se esperar que crianças não quisessem que seus pais compartilhassem qualquer coisa sobre eles na mídia social mas isso não foi isso que encontramos," disse a autora Carol Moser, estudante de doutorado na Escola da Informação da U-M. "As crianças estão ok com os pais postando sobre certas coisas. Não apenas elogios de boas notas e realizações de esportes, mas também posts que simplesmente refletem uma vida feliz da casa."

O estudo também examinou as percepções dos pais e filhos sobre quanto os pais compartilham. Em outras palavras, crianças acham que seus pais compartilham demais? E os pais concordam?

Contrariando as expectativas, os pais e as crianças sentiram que a frequência que os pais compartilham está adequada. " No entanto, as crianças queriam poder opinar mais sobre o que é dito sobre eles.

Os pesquisadores aconselham os pais que querem saber quando é ok postar, a simplesmente perguntar a seus filhos.

As crianças querem que seus pais perguntem mais, e os pais concordam que devem procurar permissão mais vezes. Mas as crianças dizem que não precisam que seus pais perguntem sobre toda e qualquer postagem, mas que eles deveriam pedir a sua permissão pelo menos "às vezes".

"É fácil esquecer que a família e o lar são considerados espaços privados e que os membros da família precisam respeitar a privacidade um do outro,", disse a coautora Sarita Schoenebeck, professora assistente na Escola de Informação. "Enquanto os adolescentes podem fazer coisas que são charmosas, engraçadas, frustrantes e às vezes de dar raiva, os pais deveriam ser mais cuidadosos sobre o que é apropriado para ser compartilhado em mídias sociais."

Os investigadores sugerem que as empresas de tecnologia tentem diferentes abordagens para apoiar famílias: um site que pudesse permitir que as crianças dessem feedback aos seus pais, em particular através de uma escala de avaliação que indicaria se eles gostaram ou não do conteúdo.

Sites também poderiam exemplificar as preferências das crianças ao longo do tempo para fornecer orientações automatizadas para os pais. Por exemplo, se um pai compartilha uma foto de um adolescente e a namorada dele, considerado vergonhosa, o sistema pode solicitar ao pai para reconsiderar ou pedir permissão antes de compartilhar uma outra foto do casal.

As pesquisadores também descobriram diferenças geracionais no comportamentos entre os pais na hora de compartilhar. Os pais mais jovens (idades 27-39) compartilham mais frequentemente do que os outros pais (idades 40-76). Os pais mais velhos (idades 50-76) acreditam que eles devem pedir permissão antes de compartilhar, e eles realmente pedem permissão mais vezes.

O estudo foi apresentado este mês na Association for Computing Machinery's conference on Human Factors in Computing Systems em Denver.

 

Study (PDF): Parents' and Children's Preferences about Parent's Sharing about Children on Social Media

Carol Moser

Sarita Schoenebeck